4 de janeiro – Dia Mundial do Braille

Hoje comemora-se o dia mundial do Braille.
Esta data visa potenciar a consciencialização sobre a importância do braille como meio de comunicação na plena realização dos diretos humanos para pessoas cegas ou com algum tipo de deficiência visual.

O Braille surgiu com Louis Braille e consiste num sistema de escrita tátil, através do qual as pessoas com deficiência visual ou com baixa visão conseguem ler e escrever. Cada símbolo alfabético, numérico, musical, matemático e científico é representado através de seis pontos. Esta ferramenta é mundialmente conhecida e é imprescindível no contexto da educação, da liberdade de expressão, do acesso à informação escrita, bem como da inclusão social, garantindo a independência das pessoas com problemas de visão. 

A Multiclínica deixa a visão do Braille pelos olhos de Rúben Portinha, cantor e compositor português com deficiência visual: “Aprender a ler e escrever em Braille é fundamental para o crescimento de qualquer criança cega ou com baixa visão. Por mais ou menos vezes que a ele se recorra ao longo da vida, o Braille representa o contacto direto com as palavras, para as pessoas com deficiência visual que o utilizam. Por muito que nos possam dizer como se escreve, nada como ter esse contacto próximo com o Braille, como tem quem recorre à escrita a tinta. É como nos dizerem que está sol ou irmos lá fora vê-lo e sentir o calor que ele produz. Tem sido essa a minha relação com o Braille, desde o dia em que comecei a aprender as primeiras letras. E mesmo com o infinito de possibilidades que a tecnologia hoje nos traz, continuo a achar que uma biblioteca inteira de livros digitais não substitui o gosto que dá ler um livro em papel.”

“Um mundo de igualdade não é feito de pessoas iguais, mas de pessoas com direitos iguais para serem diferentes” – Rosana Hermann

Criamos sorrisos!

Comments are closed.