Como escrever uma história?

Provavelmente já se deparou com alguém com dificuldades ao nível da escrita de um texto, nomeadamente na coesão (conexão entre os elementos do texto) e coerência (relação entre as ideias e manutenção da mesma temática) textuais. Isto é, o texto pode não estar gramaticalmente correto, apresentar contradições ou não haver harmonia e lógica nas várias ideias abordadas.

Para escrever um texto com “pés e cabeça” é necessário haver um domínio dos vários elementos que o constituem. Caso a criança ainda não consiga realizar esta tarefa mais complexa, deverá começar-se pela escrita de estruturas mais simples, como parágrafos, frases ou ainda a escrita de palavras.

Ainda assim, e de modo a poder auxiliar a criança durante a escrita de uma composição para trabalhos de casa por exemplo, propomos as seguintes estratégias:

  • Escolher o tema da história;
  • Definir o que vai acontecer, quando, onde e quem serão os intervenientes (caso se pretendam inserir estes elementos no texto);
  • Pensar e escrever, como rascunho, as várias ideias subjacentes ao tema;
  • Colocar as ideias por ordem, organizando-as;
  • Usar palavras de princípio para iniciar o texto (ex: “Era uma vez…”, “No fim de semana…”, “Num dia de…”). Na introdução, deverá ser feita uma breve apresentação da história;
  • Fazer ligações de ideias, de modo a torná-lo menos repetitivo (ex: “e”, “ou”, “entretanto”, “porque”; “quando”, “também”, “mas”);
  • Utilizar sinónimos (palavras com o mesmo significado), atribuindo diversidade vocabular (“belo”, “lindo”, “elegante”, ao invés de “bonito”); 
  • Concluir o texto usando palavras de fim (“finalmente…”, “para terminar…”, “por fim…”). A conclusão deverá conter uma ideia geral do tema explorado;
  • Por último, reler a composição, de maneira a prestar atenção a possíveis erros. Se for necessário, as frases que pareçam mais confusas deverão ser reformuladas.

Escrever conteúdos mais complexos torna-se muito mais fácil quando realizado com calma e concentração. Este deverá ser um momento prazeroso, de maneira a evitar possíveis reações negativas à escrita, influenciando desfavoravelmente o desempenho escolar.

Tags: No tags

Comments are closed.