Promover a independência das crianças

As crianças têm um desejo intrínseco de independência e autossuficiência, mas na nossa busca constante para tornar as rotinas do dia-a-dia mais simples e calmas, às vezes, sem querer, desconsideramos a natureza independente
dos nossos filhos. 

Para se tornarem independentes, as crianças precisam de ter confiança nas suas próprias habilidades, caso contrário, continuarão a apoiar-se e a depender dos adultos ou dos seus pares. A sua confiança cresce através da oportunidade de experimentar coisas novas num ambiente seguro, com muito reforço positivo para o seu sucesso. Neste sentido, delineamos algumas estratégias para ajudar na promoção da independência da sua criança: 

  • Falar sobre a sua rotina diária – falar com as crianças acerca das situações banais do dia-a-dia, tais como o que vamos cozinhar, como vamos arrumar as coisas, o que estamos a pensar quando fazemos as tarefas, ajuda as crianças a perceber o que é independência e motiva-as a serem independentes;
  • Envolver as crianças nas tarefas de casa: nada melhor que aprender observando, e realizando as tarefas de acordo com o seu desenvolvimento e faixa etária;
  • Pegar na mão da criança para demonstrar como se fazem certas tarefas (dar suporte físico). Inicialmente, as crianças não têm ideia do que fazer quando lhes apresentamos uma tarefa. Desta forma, usando a estratégia de colocar a nossa mão por cima da mão da criança, demonstramos fisicamente como completar a tarefa;
  • Reparar no progresso/evolução, não na perfeição, uma vez que as crianças estão a aprender e só através da repetição é que vão integrar a maneira correta de realizar as tarefas;
  • Aceitar a confusão. Por exemplo, quando as crianças estão a aprender a lavar os dentes ou a ajudar a cozinhar é normal que haja uma grande desarrumação. Deste modo, elogie a criança e aceite essa mesma confusão.
Tags: No tags

Comments are closed.