O que fazer quando não percebo o que o meu filho diz?

Esta é uma das perguntas mais frequentes e uma das principais dúvidas dos pais e de outras pessoas que contactam frequentemente com crianças que têm dificuldades de fala.

Ora bem, apesar de ser quase intuitivo, devemos evitar dizer “O que disseste? Não percebi” ou “Não é assim que se diz”. Este tipo de comentários, sobretudo quando usados de forma frequente, podem fazer com que a criança se sinta frustrada, desmotive e, em certos casos, se iniba de comunicar. Deste modo, devemos optar por olhar para a criança, por ouvir com atenção o que ela está a dizer e tentar perceber o que ela nos quer transmitir, tendo por base o que proferiu e o contexto. A criança sentir-se-á mais compreendida e confiante.

Para além do anteriormente exposto, existem outras estratégias que podem ser facilmente implementadas, nomeadamente: dar o modelo correto, exagerando na produção do som-alvo, dizer o som em que a criança tem dificuldade com mais intensidade e exemplificar como se produz (onde se devem colocar os articuladores: lábios, língua… para se produzir corretamente aquele som). 

Em caso de dúvidas, contacte um Terapeuta da Fala.

Tags: No tags

Comments are closed.